Como conjugar a visão de um Jesus tão forte, tão incomparável, tão único com a de um Jesus tão misericordioso e acessível aos pequeninos?

Como imaginar que numa Criança recém-nascida em Belém, cuja alma contém todas as canduras e inocências imagináveis e excogitáveis, já estava o Herói que iria sofrer de maneira a impressionar os homens até o fim do mundo?

Em Nosso Senhor essas e muitas outras perfeições se harmonizavam de forma inefável. Ele é muito maior do que o campo de nossa visão.

Plinio Corrêa de Oliveira

 

No destaque: Menino Jesus com os símbolos da Paixão – Coleção particular

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui