Santos em destaque

Santo Isidoro, Bispo e doutor da Igreja (†636). Discípulo de seu irmão São Leandro, a quem sucedeu na sé episcopal de Sevilha. Grande escritor, é tido como um dos mestres da Europa medieval. Fundou a Escola de Sevilha para formação
do clero. É irmão também de São Fulgêncio e de Santa Florentina.

Beato Francisco Marto – Detalhe da fotografia tirada após a visão do inferno

São Francisco Marto (†1919). Um dos três videntes de Fátima. Após as aparições, desejou “consolar e dar alegria a Jesus”, suportando, nesta intenção, uma atroz enfermidade.

São Pedro de Poitiers, Bispo (†1115). Entusiasta da integridade e da justiça, denunciou e excomungou o rei Felipe I por contrair, irregularmente, segundas núpcias.

São Caetano Catanoso, presbítero (†1963). Pároco da diocese da Reggio Calabria, fundador da Congregação das Irmãs Verônicas da Sagrada Face.

São Platão, abade (†814). Abade do Mosteiro de Sakkudion, na Bitínia, lutou energicamente contra os iconoclastas,
opositores ao culto das sagradas imagens.

São Bento Massarari, religioso (†1589). Membro da Ordem dos Frades Menores, exerceu em Palermo as funções de cozinheiro, superior e mestre de noviços. É também conhecido como São Benedito o Mouro, ou o Negro. No Brasil, comemorado no dia 5 de outubro.

São Guilherme Cuffitélli, eremita (†1411). Terciário franciscano que, renunciando à paixão pela caça, abraçou a vida eremítica em Scicli, na Sicília, onde passou cinquenta e sete anos na solidão e na pobreza.

Beato José Bento Dusmet, Bispo (†1894). Religioso beneditino nomeado Bispo da Catânia, Itália. Promoveu o culto divino e a instrução cristã do povo.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: At 10,34a.37-43

Naqueles dias, 34Pedro tomou a palavra e disse: 37“Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do batismo pregado por João: 38como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio, porque Deus estava com ele. 39E nós somos testemunhas de tudo o que Jesus fez na terra dos judeus e em Jerusalém. Eles o mataram, pregando-o numa cruz. 40Mas Deus o ressuscitou no terceiro dia, concedendo-lhe manifestar-se 41não a todo o povo, mas às testemunhas que Deus havia escolhido: a nós, que comemos e bebemos com Jesus, depois que ressuscitou dos mortos. 42E Jesus nos mandou pregar ao povo e testemunhar que Deus o constituiu juiz dos vivos e dos mortos. 43Todos os profetas dão testemunho dele: ‘Todo aquele que crê em Jesus recebe, em seu nome, o perdão dos pecados’”.

Salmo responsorial: Sl 117,1-2.16ab-17.22-23 (R.24)
R. Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e nele exultemos!

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

1Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!* ‘Eterna é a sua misericórdia!’ 2Acasa de Israel agora o diga:* ‘Eterna é a sua misericórdia!’ R.

16A mão direita do Senhor fez maravilhas,* a mão direita do Senhor me levantou, 17Não morrerei, mas ao contrário, viverei* para cantar as grandes obras do Senhor! R.

22‘A pedra que os pedreiros rejeitaram,* tornou-se agora a pedra angular. 23Pelo Senhor é que foi feito tudo isso:* Que maravilhas ele fez a nossos olhos! R.

Segunda leitura: Cl 3,1-4

Irmãos, 1se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, 2onde está Cristo, sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres. 3Pois vós morrestes e a vossa vida está escondida, com Cristo, em Deus. 4Quando Cristo, vossa vida, aparecer em seu triunfo, então vós aparecereis também com ele, revestidos de glória.

Evangelho: Jo 20,1-9

1No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. 2Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o colocaram”. 3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. 6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou. 9De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.

Artigo anteriorLiturgia Diária – 3 de abril
Próximo artigoLiturgia Diária – 5 de abril
Redação
Artigos não assinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui