Liturgia Diária – 23 de fevereiro

0
143

Terça-feira da 1ª Semana da Quaresma

Leituras da Missa

Santos em destaque

São Policarpo de Esmirna junto a São Lourenço – Igreja de Notre Dame, Dijon (França)

São Policarpo (†155). Bispo e mártir. Discípulo de São João Evangelista, foi martirizado em Esmirna, atual Turquia.

São João, monge (†séc. XI). Sua mãe foi feita escrava pelos sarracenos, e levada para Palermo, Itália, pouco antes de seu nascimento. Ela o instruiu na Fé cristã e, quando o filho completou quatorze anos, enviou-o à cidade de seus antepassados. Fortemente atraído pelo heroísmo da vida dos monges basilianos daquela região, uniu-se a eles e destacou-se por suas virtudes e espírito contemplativo.

Santa Milburga, virgem (†cerca de 722). Filha do rei Merewald de Mercia, na atual Inglaterra. Abandonou as riquezas mundanas, abraçou a vida religiosa e fundou o mosteiro de Wenlock, do qual foi abadessa.

Beato Nicolau Tabouillot, presbítero e mártir (†1795). Pároco na Diocese de Verdun, preso numa galera em Rochefort durante a Revolução Francesa, morreu vítima de grave enfermidade aí contraída.

Beato Luís Mzyk, presbítero e mártir (†1942). Religioso da Congregação do Verbo Divino, levado durante a ocupação nazista para o Forte VII, em Poznan, Polônia, onde foi torturado e assassinado.

Beato Vicente Frelichowski, presbítero e mártir (†1945). Apesar de passar por várias prisões, nunca fraquejou na fé. Faleceu no campo de concentração de Dachau, Alemanha, após atender a muitos companheiros enfermos.

Beata Rafaela Ybarra, religiosa (†1900). Mãe de sete filhos, obteve o consentimento do marido para fazer os votos religiosos e fundou em Bilbao, Espanha, o Instituto das Irmãs dos Anjos da Guarda.

Beata Josefina Vannini, virgem (†1911). Fundadora da Congregação das Filhas de São Camilo, em Roma.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Is 55,10-11

Isto diz o Senhor: 10“Assim como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam mais, mas vêm irrigar e fecundar a terra e fazê-la germinar e dar semente para o plantio e para a alimentação, 11assim a palavra que sair de minha boca não voltará para mim vazia; antes, realizará tudo que for de minha vontade e produzirá os efeitos que pretendi ao enviá-la”.

Salmo responsorial: Sl 33(34),4-5.6-7.16-17.18-19 (R.18b)

R. O Senhor liberta os justos de todas as angústias.

4Comigo engrandecei ao Senhor Deus, * exaltemos todos juntos o seu nome! 5Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, * e de todos os temores me livrou. R.

6Contemplai a sua face e alegrai-vos, * e vosso rosto não se cubra de vergonha! 7Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, * e o Senhor o libertou de toda angústia. R.

16O Senhor pousa seus olhos sobre os justos, * e seu ouvido está atento ao seu chamado; 17mas ele volta a sua face contra os maus, * para da terra apagar sua lembrança. R.

18Clamam os justos, e o Senhor bondoso escuta * e de todas as angústias os liberta. 19Do coração atribulado ele está perto * e conforta os de espírito abatido. R.

Evangelho: Mt 6,7-15

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7“Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. 8Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. 9Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. 11O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. 12Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. 13E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. 14De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. 15Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui