Liturgia Diária – 18 de janeiro

0
119

Segunda-feira da 2ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

Santa Margarita de Hungria – Convento de Sant’ Ana, Murcia (Espanha)

Santa Margarida, virgem (†1270). Filha do rei Bela IV, da Hungria, consagrou-se ao Senhor como religiosa dominicana aos 12 anos de idade.

Santa Prisca (†499). A seu nome está dedicada a Basílica do Monte Aventino, em Roma.

Santa Beatriz d’Este, religiosa (†c. 1262). Após a morte do marido, retirou-se ao Mosteiro beneditino de Santo Estêvão, em Ferrara, Itália, que havia sido fundado por ela mesma.

Beato André de Peschiera Grego, presbítero (†1485). Religioso dominicano que percorreu a pé, durante muito tempo, toda a região dos Alpes italianos, vivendo junto aos pobres e pregando a doutrina católica.

Beata Cristina Ciccarelli, virgem (†1543). Priora do convento agostiniano de L’Aquila, Itália. Favorecida com visões, êxtases e o dom de milagres.

Beata Regina Protmann, virgem (†1613). Fundou em Braniewo, Polônia, a Congregação das Irmãs de
Santa Catarina.

Beata Maria Teresa Fasce, virgem (†1947). Abadessa do mosteiro agostiniano de Cássia, Itália.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Hb 5,1-10

1Todo sumo sacerdote é tirado do meio dos homens e instituído em favor dos homens nas coisas que se referem a Deus, para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados. 2Sabe ter compaixão dos que estão na ignorância e no erro, porque ele mesmo está cercado de fraqueza. 3Por isso, deve oferecer sacrifícios tanto pelos pecados do povo quanto pelos seus próprios. 4Ninguém deve atribuir-se essa honra, senão o que foi chamado por Deus, como Aarão. 5Deste modo, também Cristo não se atribuiu a si mesmo a honra de ser sumo sacerdote, mas foi aquele que lhe disse: “Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei”. 6Como diz em outra passagem: “Tu és sacerdote para sempre, na ordem de Melquisedeque”. 7Cristo, nos dias de sua vida terrestre, dirigiu preces e súplicas, com forte clamor e lágrimas, àquele que era capaz de salvá-lo da morte. E foi atendido, por causa de sua entrega a Deus. 8Mesmo sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus por aquilo que ele sofreu. 9Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem. 10De fato, ele foi por Deus proclamado sumo sacerdote na ordem de Melquisedeque.

Salmo responsorial:  Sl 109(110), 1.2.3.4 (R.4bc)

R. Tu és eternamente sacerdote segundo a ordem do rei Melquisedec!

1Palavra do Senhor ao meu Senhor:* ‘Assenta-te ao lado meu direito até que eu ponha os inimigos teus* como escabelo por debaixo de teus pés!’R.

2O Senhor estenderá desde Sião vosso cetro de poder, pois Ele diz:* ‘Domina com vigor teus inimigos;R

3tu és príncipe desde o dia em que nasceste; na glória e esplendor da santidade,* como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!’R.

4Jurou o Senhor e manterá sua palavra: ‘Tu és sacerdote eternamente,* segundo a ordem do rei Melquisedec!’R.

Evangelho: Mc 2,23-28

Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: “Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam e os teus discípulos não jejuam?” 19Jesus respondeu: “Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar. 21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha, porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos, porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui