Liturgia Diária – 16 de janeiro

0
191

Sábado da 1ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

São Marcelo – Basílica de São Paulo Extramuros, Roma

São Marcelo I, Papa (†309). Restaurou a disciplina eclesiástica, edificou igrejas, consagrou novos Bispos e presbíteros.

São Melas, Bispo (†cerca de 390). Bispo de Rhinocorura, Egito, condenado ao exílio sob o imperador ariano Valente.

Santo Honorato de Arles, Bispo (†429). Fundou o célebre Mosteiro de Lérins (França). Eleito Bispo de Arles, faleceu após três anos de extenuante atividade pastoral.

São José Vaz, presbítero (†1711). Missionário indiano da Congregação do Oratório, no atual Sri Lanka. Traduziu o Evangelho para o tâmil e o cingalês.

Santos Berardo, Oton e Pedro, presbíteros, Acúrsio e Adiuto, religiosos (†1226). Protomártires da Ordem Franciscana. Enviados pelo fundador para evangelizar os sarracenos da Espanha, foram presos, deportados para Marrocos e decapitados.

São Leobácio, abade (†séc. V). Foi designado pelo seu mestre Santo Urso como superior do mosteiro de Sennevière, em Tours, França.

Santa Joana de Bagno di Romagna, virgem (†1105). Religiosa do Mosteiro Camaldulense de Santa Lúcia, nas proximidades de Bagno di Romagna, Itália.

Beata Joana Maria Condesa Lluch, virgem (†1916). Fundadora da Congregação das Servas da Imaculada Conceição Protetoras das Operárias, em Valência, Espanha.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Hb 4,12-16

Irmãos, 12a Palavra de Deus é viva, eficaz e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes. Penetra até dividir alma e espírito, articulações e medulas. Ela julga os pensamentos e as intenções do coração. 13E não há criatura que possa ocultar-se diante dela. Tudo está nu e descoberto aos seus olhos, e é a ela que devemos prestar contas. 14Temos um sumo sacerdote eminente, que entrou no céu, Jesus, o Filho de Deus. Por isso, permaneçamos firmes na fé que professamos. 15Com efeito, temos um sumo sacerdote capaz de se compadecer de nossas fraquezas, pois ele mesmo foi provado em tudo como nós, com exceção do pecado. 16Aproximemo-nos então, com toda a confiança, do trono da graça, para conseguirmos misericórdia e alcançarmos a graça de um auxílio no momento oportuno.

Salmo responsorial:  Sl 18(19B), 8.9.10.15 (R. cf. Jo 6,63c)

R. Vossas palavras são espírito, são vida, tendes palavras, ó Senhor, de vida eterna.

8A lei do Senhor Deus é perfeita,* conforto para a alma! O testemunho do Senhor é fiel,*
sabedoria dos humildes.R.

9Os preceitos do Senhor são precisos,* alegria ao coração. O mandamento do Senhor é brilhante,*
para os olhos é uma luz.R.

10É puro o temor do Senhor,* imutável para sempre. Os julgamentos do Senhor são corretos*
e justos igualmente.R.

15Que vos agrade o cantar dos meus lábios* e a voz da minha alma; que ela chegue até vós, ó Senhor,* meu Rochedo e Redentor!R.

Evangelho: Mc 2,13-17

Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira do mar. Toda a multidão ia ao seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos e disse-lhe: “Segue-me!” Levi se levantou e o seguiu. 15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam. 16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: “Por que ele come com os cobradores de impostos e pecadores?” 17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: “Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui