Liturgia Diária – 1 de maio

0
166

Sábado da Quarta semana da Páscoa

Leituras da Missa

Santos em destaque

Profeta Jeremias, de Lippo Vanni – Museu Amedeo Lia, La Spezia (Itália)

São Jeremias, profeta. Prenunciou a destruição da Cidade Santa e a deportação do povo israelita, e sofreu por isso muitas perseguições.

São José Operário. Pio XII instituiu esta comemoração em 1955 para dar um modelo e um protetor aos operários, e um sentido cristão ao dia do trabalho.

Santo Amador, Bispo (†418). Aclamado Bispo de Auxerre, França, empenhou-se em extirpar as superstições pagãs e incentivou o culto aos santos mártires.

São Peregrino Laziosi, presbítero (†1345). Após uma juventude rebelde, ingressou nos servitas, em Siena. Fundou em Forli, sua cidade natal, um mosteiro da ordem.

Santo Agostinho Schoeffler, presbítero e mártir (†1851). Sacerdote da Sociedade das Missões Estrangeiras, decapitado no Vietnã.

São Ricardo Pampúri, religioso (†1930). Após ter exercido generosamente a Medicina na vida secular, ingressou na Ordem Hospitalar de São João de Deus. Dois anos depois adormeceu piedosamente no Senhor em Milão, Itália.

São Segismundo de Borgonha, rei (†524). Rei da Borgonha que, convertido da heresia ariana, erigiu a abadia territorial de Saint-Maurice d’Agaune, na Suíça, e expiou com penitências, lágrimas e jejuns um grave delito cometido.

Beato Clemente Šeptyckyj, presbítero e mártir (†1951). Arquimandrita do Mosteiro de Univ, dos Monges Ucranianos, foi deportado pelo regime soviético e morreu na prisão em Vladimir, Rússia.

Beata Mafalda, virgem (†1257). Filha do rei Sancho I de Portugal, tomou o hábito no mosteiro de Arouca, onde introduziu a reforma cisterciense.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: At 13,44-52

44No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu para ouvir a Palavra de Deus. 45Ao verem aquela multidão, os judeus ficaram cheios de inveja e, com blasfêmias, opunham-se ao que Paulo dizia. 46Então, com muita coragem, Paulo e Barnabé declararam: “Era preciso anunciar a Palavra de Deus primeiro a vós. Mas, como a rejeitais e vos considerais indignos da vida eterna, sabei que nos vamos dirigir aos pagãos. 47Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu: ‘Eu te coloquei como luz para as nações, para que leves a salvação até os confins da terra’”. 48Os pagãos ficaram muito contentes quando ouviram isso e glorificavam a Palavra do Senhor. Todos os que eram destinados à vida eterna abraçaram a fé. 49Desse modo, a Palavra do Senhor espalhava-se por toda a região. 50Mas os judeus instigaram as mulheres ricas e religiosas, assim como os homens influentes da cidade, provocaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé e expulsaram-nos do seu território. 51Então os apóstolos sacudiram contra eles a poeira dos pés e foram para a cidade de Icônio. 52Os discípulos, porém, ficaram cheios de alegria e do Espírito Santo.

Salmo responsorial: Sl 97(98),1.2-3ab.3cd-4 (R.3cd)
R. Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,* porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo* alcançaram-lhe a vitória. R.

2O Senhor fez conhecer a salvação,* e às nações, sua justiça; 3arecordou o seu amor sempre fiel* 3bpela casa de Israel. R.

3cOs confins do universo contemplaram* 3da salvação do nosso Deus. 4Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,* alegrai-vos e exultai! R.

Evangelho: Jo 14.7-14

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 7“Se vós me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai. E desde agora o conheceis e o vistes”. 8Disse Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta!” 9Jesus respondeu: “Há tanto tempo estou convosco e não me conheces, Filipe? Quem me viu, viu o Pai. Como é que tu dizes: ‘Mostra-nos o Pai’? 10Não acreditas que eu estou no Pai e o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo, mas é o Pai que, permanecendo em mim, realiza as suas obras. 11Acreditai-me, eu estou no Pai, e o Pai está em mim. Acreditai, ao menos, por causa dessas mesmas obras. 12Em verdade, em verdade vos digo, quem acredita em mim fará as obras que eu faço e fará ainda maiores do que estas. Pois eu vou para o Pai, 13e o que pedirdes em meu nome, eu o realizarei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. 14Se pedirdes algo em meu nome, eu o realizarei”.

Artigo anteriorLiturgia Diária – 30 de abril
Próximo artigoRevista Arautos do Evangelho, Ano XX, nº 233, Maio 2021
Redação
Artigos não assinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui