Liturgia Diária – 4 de setembro

0
441

Sábado da 22ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

Moisés – Catedral Antiga de Salamanca, Salamanca (Espanha)

Santa Rosália, virgem (†séc. XII). De nobre e rica família, abandonou tudo para viver como eremita perto de Salerno (Itália), cidade da qual é padroeira.

Beata Maria de Santa Cecília Romana (Dina Bellanger), virgem (†1929). Religiosa da Congregação de Jesus e Maria, em Quebec, Canadá.

São Bonifácio I, Papa (†422). Trabalhou para solucionar muitas controvérsias sobre a disciplina eclesiástica.

São Moisés, profeta, retirou o povo hebreu do cativeiro do Egito e recebeu de Deus as tábuas da Lei, contendo os 10 Mandamentos. Conduziu o povo até à Terra Prometida, mas morreu antes de lá entrar, deixando Josué como discípulo e condutor de Israel.

Santa Irmengarda, virgem (†1085). Condessa de Süchteln, Alemanha, tornou-se ermitã e empregou seu patrimônio na construção de muitas igrejas.

Santa Ida da Saxônia, viúva (†825). Casada com o Conde Ecbert de Herzfeld, dedicou-se ao cuidado dos pobres e à construção de igrejas e mosteiros.

Beata Catarina Mattei, virgem (†1547). Terciária dominicana favorecida desde pequena por manifestações místicas, suportou com admirável caridade e grande virtude uma longa enfermidade,
calúnias e tentações.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Cl 1,21-23

Irmãos, 21vós, que outrora éreis estrangeiros e inimigos pelas manifestas más obras, 22eis que agora Cristo vos reconciliou pela morte que sofreu no seu corpo mortal, para vos apresentar como santos, imaculados, irrepreensíveis diante de si. 23Mas é necessário que permaneçais inabaláveis e firmes na fé, sem vos afastardes da esperança que vos dá o Evangelho, que ouvistes, que foi anunciado a toda criatura debaixo do céu e do qual eu, Paulo, me tornei ministro.

Salmo responsorial: Sl 53(54), 3-4.6 e 8 (R. 6a)
R. Quem me protege e me ampara é meu Deus.

3Por vosso nome, salvai-me, Senhor; *e dai-me a vossa justiça! 4Ó meu Deus, atendei minha prece *e escutai as palavras que eu digo! R.

6Quem me protege e me ampara é meu Deus; *é o Senhor quem sustenta minha vida! 8Quero ofertar-vos o meu sacrifício *de coração e com muita alegria; quero louvar, ó Senhor, vosso nome, * quero cantar vosso nome que é bom! R.

Evangelho: Lc 6, 1-5

1Num sábado, Jesus estava passando através de plantações de trigo. Seus discípulos arrancavam e comiam as espigas, debulhando-as com as mãos. 2Então alguns fariseus disseram: “Por que fazeis o que não é permitido em dia de sábado?” 3Jesus respondeu-lhes: “Acaso vós não lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando estavam sentindo fome? 4Davi entrou na casa de Deus, pegou dos pães oferecidos a Deus e os comeu, e ainda por cima os deu a seus companheiros. No entanto, só os sacerdotes podem comer desses pães”. 5E Jesus acrescentou: “O Filho do Homem é senhor também do sábado”.

Artigo anteriorLiturgia Diária – 3 de setembro
Próximo artigoLiturgia Diária – 5 de setembro
Artigos não assinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui