Dia 24 de setembro

0
45

Quinta-feira da 25ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

São Gerardo Sagredo, Bispo e mártir. (1046). Foi mestre de Santo Emerico, filho do rei Santo Estevão. É o padroeiro da Hungria.

Santo Antônio González, presbítero (†1637). Religioso dominicano enviado para o Japão com outros cinco religiosos e encarcerado pouco tempo depois. Foi submetido duas vezes ao suplício da água, até que, consumido pela febre, morreu.

Beato Dalmacio Moner – Igreja de São Domingos, Elvas (Portugal)

Beato Dalmácio Moner, presbítero (†1341). Religioso dominicano do Convento de Girona, Espanha. Passou três anos de recolhimento na gruta de Santa Maria Madalena, junto a Marselha, França.

São Pacífico, presbítero (†1721). Religioso Capuchinho que exerceu as funções de professor, pregador e confessor. Uma séria doença fê-lo paraplégico, cego e surdo. A exemplo de Jó, transformou o sofrimento numa plataforma para a santidade.

Beatos Guilherme Spencer e Roberto Hardesty, mártires (†1589). Por confessarem a verdadeira religião, foram enforcados e esquartejados no reinado de Elisabeth I da Inglaterra.

Beato Antonio Martim Slomsek, Bispo (†1862). Cuidou com o máximo empenho das instituições eclesiásticas e da vida cristã das famílias, e lutou pela unidade da Igreja na Eslovênia.

Beata Colomba Gabriel, abadessa (†1926). Polonesa de nascença, fundou a Congregação das Irmãs Beneditinas da Caridade e a obra social “Casa da Família”, para acolher moças operárias pobres ou que estivessem longe de suas famílias.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

 

Leituras da Missa

Primeira leitura: Ecl 1,2-11

2“Vaidade das vaidades, diz o Eclesiastes, vaidade das vaidades! Tudo é vaidade.” 3Que proveito tira o homem de todo trabalho com o qual se afadiga debaixo do sol? 4Uma geração passa, outra lhe sucede, enquanto a terra permanece sempre a mesma. 5O sol se levanta, o sol se deita, apressando-se para voltar ao seu lugar, donde novamente torna a levantar-se. 6Dirigindo-se para o sul e voltando para o norte, ora para cá, ora para lá, vai soprando o vento, para retomar novamente o seu curso. 7Todos os rios correm para o mar e, contudo, o mar não transborda; voltam ao lugar de onde saíram para tornarem a correr. 8Tudo é penoso, difícil para o homem explicar. A vista não se cansa de ver nem o ouvido se farta de ouvir. 9O que foi, será; o que aconteceu, acontecerá: 10não há nada de novo debaixo do sol. Uma coisa da qual se diz: “Eis aqui algo de novo”, também esta já existiu nos séculos que nos precederam. 11Não há memória do que aconteceu no passado nem também haverá lembrança do que acontecer, entre aqueles que viverão depois.

Salmo responsorial:  Sl 89(90),3-4.5-6.12-13.14e17(R/.1)

R. Ó Senhor, vós fostes sempre um refúgio para nós.

3Vós fazeis voltar ao pó todo mortal quando dizeis: “Voltai ao pó, filhos de Adão!” 4Pois mil anos para vós são como ontem, qual vigília de uma noite que passou. R.

5Eles passam como o sono da manhã, 6são iguais à erva verde pelos campos: de manhã ela floresce vicejante, mas à tarde é cortada e logo seca. R.

12Ensinai-nos a contar os nossos dias e dai ao nosso coração sabedoria! 13Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis? Tende piedade e compaixão de vossos servos! R.

14Saciai-nos de manhã com vosso amor, e exultaremos de alegria todo o dia! 17Que a bondade do Senhor e nosso Deus † repouse sobre nós e nos conduza! Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho. R.

Evangelho: Lc 9,7-9

Naquele tempo, 7o tetrarca Herodes ouviu falar de tudo o que estava acontecendo e ficou perplexo, porque alguns diziam que João Batista tinha ressuscitado dos mortos. 8Outros diziam que Elias tinha aparecido; outros, ainda, que um dos antigos profetas tinha ressuscitado. 9Então Herodes disse: “Eu mandei degolar João. Quem é esse homem sobre quem ouço falar essas coisas?” E procurava ver Jesus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui