Dia 24 de julho

0
59

Sexta-feira da 16ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

São José Makhluf

São Charbel Makhluf, presbítero (†1898). Sacerdote da Ordem dos Maronitas. Levou uma vida de suma austeridade, jejum e oração.

Santos Boris e Gleb, mártires (†1015). Filhos de São Vladimir, Grão-Príncipe de Kiev, preferiram a morte a se oporem pela força ao seu irmão Sviatopolk.

São José Fernández, presbítero e mártir (†1838). Missionário dominicano decapitado no tempo do Imperador Minh Mang, em Nam Dinh, Vietnã.

São Balduíno, abade (†1140). Discípulo de São Bernardo no mosteiro de Claraval, fundou em Rieti, Itália, o Convento de São Mateus.

Santa Eufrásia, virgem (†séc. V). Procedendo de uma nobre família senatorial, retirou-se a levar vida eremítica no deserto da
Tebaida, Egito.

São Fantino, o Velho (†séc. IV). Cognominado de o Taumaturgo, operou numerosos prodígios em Tauriana, Itália.

Santa Cunegundes, religiosa (†1293). Filha dos reis da Hungria, casada com o Príncipe de Cracóvia, Polônia, viveram ambos em perfeita castidade. Após a morte do esposo, fez-se religiosa clarissa no mosteiro por ela fundado por ela fundado em Stary Sacz.

Beata Maria Mercedes Prat, virgem e mártir (†1936). Fuzilada durante a guerra civil espanhola, por sua condição de religiosa.

Beata Ludovica, religiosa (†1503). Filha do Beato Amadeu, Duque de Saboia. Casou-se com Hugo, príncipe de Chalon, enviuvou-se ainda jovem, abandonou as honras e riquezas mundanas e fez-se Clarissa da reforma de Santa Coletta.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Jr 3,14-17

14“Convertei-vos, filhos, que vos tendes afastado de mim, diz o Senhor, pois eu sou vosso Senhor; vou tomar-vos, um de uma cidade e dois de uma família, e vos reconduzirei a Sião; 15eu vos darei pastores segundo o meu coração, que vos apascentarão com clarividência e sabedoria. 16Quando vos tiverdes multiplicado e crescerdes na terra, naqueles dias, diz o Senhor, não se falará mais da ‘arca da aliança do Senhor’; ela não virá à memória de ninguém, não se lembrarão dela, não a procurarão nem fabricarão outra. 17Naquele tempo, chamarão Jerusalém ‘Trono do Senhor’, em torno dela se reunirão, em nome do Senhor, todos os povos; eles não se deixarão mais levar pelas inclinações de um coração mau”.

Salmo responsorial: Jr 31(30)

O Senhor nos guardará qual pastor a seu rebanho.

10Ouvi, nações, a palavra do Senhor*
e anunciai-a nas ilhas mais distantes:

“Quem dispersou Israel, vai congregá-lo,*
e o guardará qual pastor a seu rebanho!”R.

11Pois, na verdade, o Senhor remiu Jacó*
e o libertou do poder do prepotente.

12aVoltarão para o monte de Sião, †
entre brados e cantos de alegria.  *
bafluirão para as bênçãos do Senhor:R.

13Então a virgem dançará alegremente,*
também o jovem e o velho exultarão;

mudarei em alegria o seu luto,*
serei consolo e conforto após a guerra. R.

Aclamação ao Evangelho: Lc 8,15

Felizes os que observam a Palavra do Senhor de reto coração e que produzem muitos frutos, até o fim perseverantes!

Evangelho: Mt 13, 18-23

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 18“Ouvi a parábola do semeador: 19todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o maligno e rouba o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. 20A semente que caiu em terreno pedregoso é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria; 21mas ele não tem raiz em si mesmo, é de momento: quando chega o sofrimento ou a perseguição por causa da palavra, ele desiste logo. 22A semente que caiu no meio dos espinhos é aquele que ouve a palavra, mas as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza sufocam a palavra, e ele não dá fruto. 23A semente que caiu em boa terra é aquele que ouve a palavra e a compreende. Esse produz fruto. Um dá cem, outro sessenta e outro trinta”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui