Dia 20 de novembro

0
65

Sexta-feira da 33ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

São Crispim – Igreja Maior de Santa Cruz, Écija (Espanha)

Santo Edmundo, mártir (†869). Rei dos anglos orientais, foi capturado pelos invasores dinamarqueses, pagãos, e decapitado por ódio à Fé.

São Crispim, Bispo e mártir (séc. III). Primeiro bispo de Ecija (Espanha), foi decapitado durante as perseguições do Império Romano.

São Bernuardo, Bispo (†1022). Restaurou a disciplina do clero por meio de numerosos sínodos e promoveu a vida monástica na diocese em Hildesheim (Alemanha).

São Silvestre, Bispo (†520 a 530). Bispo de Chalons-sur-Saône na Borgonha, França.

São Cipriano de Calamizzi, abade (†1190). Médico de rica família, abandonou tudo e ingressou no mosteiro do Santíssimo Salvador de Calanna, Itália. Eleito abade de São Nicolau em Calamizzi, foi severo consigo mesmo, generoso com os pobres e bom conselheiro para todos

São Gregório Decapolita, monge (†842). Foi mestre de São José, o Hinógrafo, no Mosteiro de Latoma. Morreu em Constantinopla, lutando em defesa do culto às santas imagens.

Santo Edmundo – Igreja de São Miguel, Gante (Bélgica)

São Francisco Xavier Cân, mártir (†1837). Catequista estrangulado e decapitado em Hanói, Vietnã, no tempo do imperador Minh Mang.

Santos Octávio, Solutor e Adventor, mártires. Soldados da Legião Tebana, mortos por ordem do imperador Maximiano.

Beata Maria Fortunata Viti, virgem (†1922). Monja do convento beneditino de Veroli, Itália, onde
passou mais de 70 anos de vida recolhida, exercendo humildes funções.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

 

 

 

 

 

Leituras da Missa

Primeira leitura: Ap 10, 8-11

8Aquela mesma voz do céu que eu, João, já tinha ouvido tornou a falar comigo: “Vai, pega o livrinho aberto da mão do anjo que está de pé sobre o mar e a terra”. 9Eu fui até o anjo e pedi que me entregasse o livrinho. Ele me falou: “Pega e come. Será amargo no estômago, mas na tua boca será doce como mel”. 10Peguei da mão do anjo o livrinho e comi-o. Na boca era doce como mel, mas, quando o engoli, meu estômago tornou-se amargo. 11Então ele me disse: “Deves profetizar ainda contra outros povos e nações, línguas e reis”.

Salmo responsorial:  Sl 118(119), 14.24.72.103.111.131 (R/. 103a)

R. Como é doce ao paladar vossa Palavra, ó Senhor.

14.Seguindo vossa lei, me rejubilo muito mais do que em todas as riquezas. R.

24.Minha alegria é a vossa Aliança, meus conselheiros são os vossos mandamentos. R.

72.A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata. R.

103.Como é doce ao paladar vossa Palavra, muito mais doce do que o mel na minha boca! R.

111.Vossa Palavra é minha herança para sempre, porque ela é que me alegra o coração! R.

131.Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos. R.

Evangelho: Lc 19,45-48

Naquele tempo, 45Jesus entrou no templo e começou a expulsar os vendedores. 46E disse: “Está escrito: ‘Minha casa será casa de oração’. No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões”. 47Jesus ensinava todos os dias no templo. Os sumos sacerdotes, os mestres da Lei e os notáveis do povo procuravam modo de matá-lo. 48Mas não sabiam o que fazer, porque o povo todo ficava fascinado quando ouvia Jesus falar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui