Santos em destaque

Leão III nomeia Frederick II comandante geral dos exércitos papais – Museu Metropolitano de Arte, Nova Iorque

São Leão III, Papa (†816). Conferiu a coroa do Sacro Império a Carlos Magno, rei dos francos, e lutou para defender a verdadeira doutrina sobre a dignidade divina do Filho de Deus.

São Gaspar Bertoni, presbítero (†1843). Fundador da Congregação das Santas Chagas de Cristo, em Verona, Itália.

Santo Onofre, Confessor. Século IV.

Santo Esquilo, mártir (†c. 1080). Natural da Inglaterra, foi ordenado Bispo por São Sigfredo, seu mestre. Dedicou-se com empenho a converter os pagãos, pelos quais morreu lapidado, na Suécia.

Beato Guido de Cortona, sacerdote (†1245). Discípulo de São Francisco de Assis, fundou o convento de Celle. Já em vida tinha fama de santidade e operava muitos milagres.

Beato Lourenço Maria de São Francisco Xavier, presbítero (†1856). Religioso da Congregação da Paixão, difundiu a devoção ao Menino Jesus em Caprânica, Itália.

Beata Flórida Cevoli, virgem (†1767). De nobre família italiana, ingressou no mosteiro de clarissas capuchinhas de Città di Castello. Suas virtudes atraíram o beneplácito da abadessa, Santa Verônica Giuliani, de quem se tornou secretária e confidente.

Beata Mercedes Maria de Jesús Molina, virgem (†1883). Fundadora do Instituto das Irmãs de Santa Mariana de Jesus, em Riobamba, Equador, para acolher e educar meninas pobres.

Beata Maria Cândida da Eucaristia, virgem (†1949). Proibida por seus familiares de seguir a vida religiosa, à qual se sentia chamada desde os quinze anos, somente aos trinta e cinco conseguiu ingressar no Carmelo de Ragusa, Itália, do qual foi eleita priora.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Is 61,9-11

9A descendência do meu povo será conhecida entre as nações, e seus filhos se fixarão no meio dos povos; quem os vir há de reconhecê-los como descendentes abençoados por Deus. 10Exulto de alegria no Senhor e minh’alma regozija-se em meu Deus; ele me vestiu com as vestes da salvação, envolveu-me com o manto da justiça e adornou-me como um noivo com sua coroa, ou uma noiva com suas jóias. 11Assim como a terra faz brotar a planta e o jardim faz germinar a semente, assim o Senhor Deus fará germinar a justiça e a sua glória diante de todas as nações.

Salmo responsorial: Sl 1 Sm 2,1.4-5.6-7 8abcd (R. cf. 1a)
R. Meu coração se regozija no Senhor.

1Exulta no Senhor meu coração, * e se eleva a minha fronte no meu Deus; minha boca desafia os meus rivais * porque me alegro com a vossa salvação. R.

4O arco dos fortes foi dobrado, foi quebrado, *mas os fracos se vestiram de vigor. 5Os saciados se empregaram por um pão, * mas os pobres e os famintos se fartaram. Muitas vezes deu à luz a que era estéril, * mas a móe de muitos filhos definhou. R.

6É o Senhor quem dá a morte e dá a vida, * faz descer à sepultura e faz voltar; 7é o Senhor quem faz o pobre e faz o rico, * é o Senhor quem nos humilha e nos exalta. R.

8aO Senhor ergue do pó o homem fraco, * 8bdo lixo ele retira o indigente, 8cpara fazê-los assentar-se com os nobres * 8dnum lugar de muita honra e distinção. R.

Evangelho: Lc 2,41-51

41Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa. 42Quando ele completou doze anos, subiram para a festa, como de costume. 43Passados os dias da Páscoa, começaram a viagem de volta, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem. 44Pensando que ele estivesse na caravana, caminharam um dia inteiro. Depois começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. 45Não o tendo encontrado, voltaram para Jerusalém à sua procura. 46Três dias depois, o encontraram no Templo. Estava sentado no meio dos mestres, escutando e fazendo perguntas. 47Todos os que ouviam o menino estavam maravilhados com sua inteligência e suas respostas. 48Ao vê-lo, seus pais ficaram muito admirados e sua mãe lhe disse: “Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura”. 49Jesus respondeu: “Por que me procuráveis? Não sabeis que devo estar na casa de meu Pai?” 50Eles, porém, não compreenderam as palavras que lhes dissera. 51Jesus desceu então com seus pais para Nazaré, e era-lhes obediente. Sua mãe, porém, conservava no coração todas estas coisas.

Artigo anteriorLiturgia Diária – 11 de junho
Próximo artigoDia 13 de junho
Artigos não assinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui