Dia 11 de agosto

0
78

Memória de Santa Clara de Assis

Leituras da Missa

Santa Clara de Assis, virgem (†1253). Pertencente a nobre família, enfrentou a oposição desta e seguiu São Francisco, fundando o primeiro ramo feminino da Ordem dos Franciscanos, conhecida como Clarissas. Ver também Pobreza e elevação de espírito e Discípula perfeita de São Francisco

Outros Santos em destaque

Santo São Gaugérico de Cambrai, Bispo (†c. de 625). Por trinta e nove anos exerceu seu episcopado em Cambrai, França. Construiu uma capela, berço da cidade de Bruxelas e realizou numerosos milagres.

Santo Equício, abade (†c. 571). Por sua santidade, povoou de mosteiros a antiga província Valéria, Itália.

Santo Alexandre, Bispo e mártir (†séc. III). Sagrado Bispo de Comana, Turquia, por São Gregório, morreu queimado em uma
fogueira.

Santa Susana, mártir – Igreja de Santa Maria da Encarnação, Granada (Espanha)

Santa Susana, mártir (†séc. IV). Jovem cristã decapitada em Roma por ordem do imperador Diocleciano.

Beato Luís Biraghi, presbítero (†1879). Sacerdote da Diocese de Milão, Itália, fundador da Congregação das Irmãs de Santa
Marcelina.

Beato Miguel Domingo Cendra, mártir (†1936). Salesiano morto na perseguição religiosa durante a Guerra Civil Espanhola.

Beato Maurício Tornay, presbítero e mártir (†1949). Nascido na Suíça, anunciou o Evangelho na China e no Tibete, onde foi assassinado numa emboscada.

Beatos João Sandys (†1586) e Estevão Rowsham (†1587), sacerdotes, e Guilherme Lampley (†1588), mártires. Mortos na Inglaterra durante o reinado de Elizabeth I.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Ez 2,8-3,4

Assim fala o Senhor: 8“Quanto a ti, Filho do homem, escuta o que eu te digo: não sejas rebelde como esse bando de rebeldes. Abre a boca e come o que eu te vou dar”. 9Eu olhei e vi uma mão estendida para mim e, na mão, um livro enrolado. Desenrolou-o diante de mim; estava escrito na frente e no verso e nele havia cantos fúnebres, lamentações e ais. 3,1Ele me disse: “Filho do homem, come o que tens diante de ti! Come este rolo e vai falar aos filhos de Israel”. 2Eu abri a boca, e ele fez-me comer o rolo. 3Depois, disse-me: “Filho do homem, alimenta teu ventre e sacia as entranhas com este rolo que eu te dou”. Eu o comi, e era doce como mel em minha boca. 4Ele disse-me então: “Filho do homem, vai! Dirige-te à casa de Israel e fala-lhes com as minhas palavras”.

Salmo responsorial: Sl 118(119)

Como é doce ao paladar vossa palavra, ó Senhor!

14Seguindo vossa lei me rejubilo*

muito mais do que em todas as riquezas.

24Minha alegria é a vossa Aliança,*

meus conselheiros são os vossos mandamentos. R.

72A lei de vossa boca, para mim,*

vale mais do que milhões em ouro e prata.

103Como é doce ao paladar vossa palavra,*

muito mais doce do que o mel na minha boca! R.

111Vossa palavra é minha herança para sempre,*

porque ela é que me alegra o coração!

131Abro a boca e aspiro largamente,*

pois estou ávido de vossos mandamentos. R.

Evangelho: Mt 18,1-5.10.12-14

Naquele tempo, 1os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos céus?” 2Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles 3e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos céus. 4Quem se faz pequeno como esta criança, esse é o maior no Reino dos céus. 5E quem recebe em meu nome uma criança como esta é a mim que recebe. 10Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus. 12Que vos parece? Se um homem tem cem ovelhas e uma delas se perde, não deixa ele as noventa e nove nas montanhas para procurar aquela que se perdeu? 13Em verdade vos digo, se ele a encontrar, ficará mais feliz com ela do que com as noventa e nove que não se perderam. 14Do mesmo modo, o Pai que está nos céus não deseja que se perca nenhum desses pequeninos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui