Liturgia Diária – 10 de setembro

0
459

Sexta-feira da 23ª semana do Tempo Comum

Leituras da Missa

Santos em destaque

Cenas da vida de São Nicolás de Tolentino – Igreja de Santo Agustinho, Córdoba (Espanha)

São Nicolau de Tolentino, sacerdote (†1305). Da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho. Viveu em severos jejuns e constante oração. Foi grande pregador e confessor.

São Teodardo, Bispo e mártir (c. 670). Bispo de Tongres-Maastrich, mestre de São Lamberto.

Santo Autberto, Bispo (†c.725). Bispo de Avranches, França, mandou construir no Mont Tombe um santuário em honra de São Miguel. O edifício, muito ampliado ao longo dos anos, é atualmente a famosa abadia do Mont Saint-Michel.

Santo Ambrósio Eduardo Barlow, sacerdote e mártir (†1641). Da Ordem Beneditina, sustentou na fé e na piedade durante 24 anos os católicos da região de Lancaster, Inglaterra, enfrentando perigos e perseguições.

São Nemésio, mártir (†251). Denunciado como cristão ao imperador Emiliano, foi torturado e queimado.

Santa Pulquéria, imperatriz (†453). Filha de Arcádio, Imperador do Oriente. Aos quinze anos fez voto de virgindade e transformou seus aposentos num cenóbio. Seu exemplo modificou a corte. Exerceu importante papel na convocação do III Concílio de Éfeso.

Beatos Sebastião Kimura e Francisco Morales, presbíteros, e companheiros, mártires (†1622). Mortos em meio a cruéis torturas, juntamente com mais 50 católicos (sacerdotes, religiosos, casais, jovens, catequistas, viúvas e crianças), em Nagasaki, Japão.

Beato Tiago Gagnot, presbítero e mártir (†1794). Religioso carmelita que, durante a Revolução Francesa, foi encerrado numa sórdida embarcação em Rochefort, onde morreu consumido pelas enfermidades.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: 1 Tm 1,1-2.12-14

1Paulo, apóstolo de Cristo Jesus, por ordem de Deus, nosso salvador, e de Cristo Jesus, nossa esperança, 2a Timóteo, verdadeiro filho na fé: a graça, a misericórdia e a paz de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor. 12Agradeço àquele que me deu força, Cristo Jesus, nosso Senhor, pela confiança que teve em mim ao designar-me para o seu serviço, 13a mim, que antes blasfemava, perseguia e insultava. Mas encontrei misericórdia, porque agia com a ignorância de quem não tem fé. 14Transbordou a graça de nosso Senhor com a fé e o amor que há em Cristo Jesus.

Salmo responsorial: Sl 15(16), 1-2a e 5.7-8.11 (R. cf. 5a)
R. O Senhor é a porção da minha herança!

1Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! *2aDigo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor. 5Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, *meu destino está seguro em vossas mãos! R.

7Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, *e até de noite me adverte o coração. 8Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, *pois se o tenho a meu lado não vacilo. R.

11Vós me ensinais vosso caminho para a vida; +junto a vós, felicidade sem limites, *delícia eterna e alegria ao vosso lado! R.

Evangelho: Lc 6, 39-42

Naquele tempo, 39Jesus contou uma parábola aos discípulos: “Pode um cego guiar outro cego? Não cairão os dois num buraco? 40Um discípulo não é maior do que o mestre; todo discípulo bem formado será como o mestre. 41Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão e não percebes a trave que há no teu próprio olho? 42Como podes dizer a teu irmão: ‘Irmão, deixa-me tirar o cisco do teu olho’, quando tu não vês a trave no teu próprio olho? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e então poderás enxergar bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.

Artigo anteriorLiturgia Diária – 9 de setembro
Próximo artigoLiturgia Diária – 11 de setembro
Artigos não assinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui