Liturgia Diária – 1 de outubro

0
606

Memória de Santa Teresinha do Menino Jesus

Santa Teresinha do Menino Jesus, virgem e Doutora da Igreja (†1897). Desde muito jovem entrou no Carmelo de Lisieux (França), onde foi mestra de noviças. Sua inocência e simplicidade a levaram a praticar uma nova via de perfeição: a da infância espiritual, cuja doutrina ela expôs nos seus escritos. Ver também: O inesperado fruto de uma novena. As parábolas da pequena flor.

Leituras da Missa

Outros Santos em destaque

São Nicécio de Tréveris, Bispo (†561). Era, segundo São Gregório de Tours, forte na predicação, terrível na argumentação e constante no ensinamento. Sofreu desterro sob o reinado de Clotário I.

São Geraldo Edwards, sacerdote e mártir (†1588). Morto durante a perseguição desencadeada pela rainha Elizabeth I da Inglaterra, junto com os beatos Roberto Wilcox, Cristóvão Buxton e Roberto Widmerpool.

São Romão, diácono (†550). Judeu de Emesa, Síria, converteu-se, recebeu o diaconato e partiu para Constantinopla. Destacou-se como compositor de hinos litúrgicos, merecendo o cognome de Melodioso.

São Bavão (ou São Bavo), monge (†cerca de 659). De família nobre e vida dissoluta, após ouvir um sermão de São Amando, distribuiu seus bens aos pobres e retirou-se como monge à abadia beneditina de Gand, Bélgica.

Beato Antônio Rewera, sacerdote e mártir (†1942). Confessando a verdadeira fé, foi deportado da Polônia para Dachau, Alemanha. Sofreu terríveis torturas e obteve a coroa do martírio.

Beato Luís Maria Mónti, religioso (†1900). Fundador da Congregação dos Filhos da Imaculada Conceição. Morreu na casa para órfãos por ele instituída em Saronno, Itália.

Beatos Gaspar Hikojiro e André Yoshida, mártires (†1617). Catequistas degolados em Nagasaki, Japão, por terem recebido sacerdotes em suas casas.

Ver todos os Santos deste dia no Martirológio Romano online

Leituras da Missa

Primeira leitura: Br 1,15-22

15Ao Senhor nosso Deus cabe justiça; enquanto a nós, resta-nos corar de vergonha, como acontece no dia de hoje aos homens de Judá e aos habitantes de Jerusalém, 16aos nossos reis, nossos príncipes e sacerdotes, aos nossos profetas e nossos antepassados: 17pois pecamos diante do Senhor e lhe desobedecemos 18e não ouvimos a voz do Senhor, nosso Deus, que nos exortava a viver de acordo com os mandamentos que ele pôs sob os nossos olhos. 19Desde o dia em que o Senhor tirou nossos pais do Egito até hoje, temos sido desobedientes ao Senhor nosso Deus, procedemos inconsideradamente, deixando de ouvir sua voz; 20por isso, perseguem-nos as calamidades e a maldição que o Senhor nos lançou por meio de Moisés, seu servo, no dia em que tirou nossos pais do Egito para nos dar uma terra que mana leite e mel, como de fato é hoje. 21Mas não escutamos a voz do Senhor, nosso Deus, como vem nas palavras dos profetas que ele nos enviou, 22e entregamo-nos, cada qual, às inclinações do perverso coração, para servir a outros deuses e praticar o mal aos olhos do Senhor, nosso Deus!

Salmo responsorial: Sl 78(79), 1-2.3-5.8.9 (R. 9b)
R. Por vosso nome e vossa glória, libertai-nos, ó Senhor!

1Invadiram vossa herança os infiéis, +profanaram, ó Senhor, o vosso templo, *Jerusalém foi reduzida a ruínas! 2Lançaram aos abutres como pasto *os cadáveres dos vossos servidores; e às feras da floresta entregaram *os corpos dos fiéis, vossos eleitos. R.

3Derramaram o seu sangue como água +em torno das muralhas de Sião, *e não houve quem lhes desse sepultura! 4Nós nos tornamos o opróbrio dos vizinhos, +um objeto de desprezo e zombaria *para os povos e àqueles que nos cercam. 5Mas até quando, ó Senhor, veremos isto? +Conservareis eternamente a vossa ira? *Como fogo arderá a vossa cólera? R.

8Não lembreis as nossas culpas do passado, +mas venha logo sobre nós vossa bondade, *pois estamos humilhados em extremo. R.

9Ajudai-nos, nosso Deus e Salvador! +Por vosso nome e vossa glória, libertai-nos! *Por vosso nome, perdoai nossos pecados! R.

Evangelho: Lc 10, 13-16

Naquele tempo, disse Jesus: 13“Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se em Tiro e Sidônia tivessem sido realizados os milagres que foram feitos no vosso meio, há muito tempo teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e sentando-se sobre cinzas. 14Pois bem, no dia do julgamento, Tiro e Sidônia terão uma sentença menos dura do que vós. 15Ai de ti, Cafarnaum! Serás elevada até o céu? Não, tu serás atirada no inferno. 16Quem vos escuta a mim escuta; e quem vos rejeita a mim despreza; mas quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou”.

Artigo anteriorLiturgia Diária – 30 de setembro
Próximo artigoRevista Arautos do Evangelho, Ano XX, nº 238, Outubro 2021
Artigos não assinados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui